13 de setembro de 2013

Cinco razões para aposentar a lâmpada incandescente

incandescenteThomas Edison era um visionário. Foi pioneiro em implementar os princípios da produção maciça a suas invenções. Sua principal criação foi a lâmpada elétrica incandescente, considerada “inventada” em 19 de outubro de 1789 (contamos a história da invenção aqui, quando completou 132 anos). A tecnologia da incandescente sempre teve a sua utilidade, mas mudou pouco com o tempo, mesmo com todas as inovações que a humanidade descobriu. Veja abaixo 5 motivos para dizer adeus ao modelo centenário:

1. Banimento do mercado
Com a decisão do Ministério de Minas e Energia (MME) de retirar as lâmpadas incandescentes do mercado, nos vemos na metade do prazo para a total proibição de comercialização desse tipo de lâmpada. Desde 1° de julho, as incandescentes de potências entre 61W e 100W estão fora das prateleiras. A de 100W é a potência mais utilizada em residências.

2. Alternativas mais eficientes
Em conjunto com a retirada das incandescentes, o consumidor também tem que se adaptar com outra portaria do MME, que aumenta a eficiência das lâmpadas fluorescentes compactas (LFC), substitutas imediatas às incandescentes. A medida aumenta a eficiência luminosa (lm/W) das LFC, o que aumenta o “abismo” na comparação dos dois modelos, já que as fluorescentes são 80% mais econômicas e iluminam mais. O LED é outra alternativa, mais cara, mas que economiza mais de 90%.

3. Baixa durabilidade
A incandescente só dura cerca de mil horas. A fluorescente dura de 6 a 8 mil horas e o LED para uso residencial dura de 30 a 40 mil horas.

4. Baixa eficiência luminosa (pouca luz para um alto consumo de energia)
95% da energia que a incandescente consome se transforma em calor, só 5% vira luz. Na fluorescente essa proporção é mais equilibrada, onde boa parte do consumo de energia se transforma em luz e uma quantidade muito menor em calor. Já nos LEDs, pela potência ser menor ainda, a emissão de calor é baixa, o que torna a relação luz/calor muito eficiente.

5. Emissão de calor
Por conta dessa conversão de luz para calor, essa temperatura é emitida pela lâmpada para o ambiente. Quando muitas lâmpadas incandescentes são usadas em um lugar, elas tendem a aquecer o espaço.

Agora que está pronto pra jogar as incandescentes fora, saiba que o descarte desse material pode ser feito em centros de descarte de supermercados e home centers, nunca com o lixo comum. Mas nem tudo está perdido, há utilidade para elas na decoração. Veja 15 dicas aqui e um passo a passo para fazer um terrário aqui.

Compartilhe →

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)