14 de novembro de 2013

Dicas de iluminação para embelezar o jardim

jardim-da-cidade_medio

O final de ano está cada vez mais perto e as ruas das cidades começam a ficar com cara de Natal. As árvores ganham luzes e você passa a notar o lindo Ipê que parecia não estar ali o resto do ano. Pra quem tem jardim em casa, é um pecado não aproveitar mais esse espaço, até porque, com esse verão escaldante, pecado é ficar dentro de casa. Conversamos com o lighting designer da Lâmpadas Golden, Felipe Marcili, que dá dicas de iluminação para que seu jardim seja um lugar mais agradável e bonito à noite:

  • As halógenas são as mais utilizadas em projetos paisagísticos pelo seu elevado índice de reprodução de cor, mas apresentam a desvantagem de ser quente e de transmitir calor à vegetação, ressecando suas folhas e queimando todo o ramo, o que não acontece com o LED. Uma grande vantagem do LED é que não emite radiação infravermelha nem ultravioleta, logo valoriza a beleza da planta sem prejudicá-la.
  • Verificar na embalagem se o produto escolhido é resistente ao calor, poeira, umidade e chuva, portanto, aplicável a áreas externas;
  • Atenção na instalação: evite colocar em lugares onde a chuva ou o vento danifiquem o equipamento.
  • A intensidade de luz também é um fator importante de valorização paisagística, principalmente quando se precisa projetar a luz a grande distância como, por exemplo, para destacar troncos e folhas de uma árvore alta. Neste aspecto, o refletor LED é uma alternativa bem eficaz.
  • Viajar nas cores usadas vai deixar o seu jardim diferente, mas use o bom senso para não ficar carnavalesco demais. Temperaturas de cor mais baixas (amareladas) transmitem um ar mais sofisticado. A luz branca, por sua vez, dá um destaque maior a uma planta ou árvore específica. Já usar luzes verdes é uma boa pedida, pois é ótima para dar destaque à copa de árvores ou à vegetação.

 

Luminárias

A escolha do tipo de luminária depende do efeito desejado. Se quiser brincar com o efeito de sombras e vultos, também conhecido como backlight ou efeito selva, o especialista recomenda colocar as luminárias entre a vegetação.

Na iluminação geral, é legal usar postes e refletores, que deixam a luz uniforme. Para destacar arbustos, esculturas ou qualquer outro objeto, o ideal é o uso de luminárias com facho direcionado ou embutidas no solo.

Praça Casa Cor by Studio Serradura (14)

Para valorizar uma árvore, a técnica up light é recomendável, que ilumina o tronco e a copa debaixo para cima, por uma luminária embutida no chão.

Para proporcionar segurança contra acidentes no jardim e de quebra, ainda deixar o caminho mais agradável, a iluminação de balizamento em passagens e escadas costumam ser feitas através de mini-postes ou embutidas no solo ou nos degraus.

Ressaltamos que, assim como na iluminação de qualquer ambiente, para iluminar bem um jardim não há regras. O importante é valorizar o espaço, sem agredi-lo, buscando a naturalidade e a decoração de um jeito vigoroso e agradável.

Quer ver mais dicas de iluminação? Curta a nossa página no Facebook.

Compartilhe →

5 comentários

  1. Alexandre Nascimento disse:

    Gostaria de iluminar dois pontos diferentes na frente da minha casa, sendo uma arvore pequena e parte da parede fachada , qual seria a lampada de LED mais adequada para isso par 20 ou outra ? obrigado.

  2. excelente matéria , está me ajudando mto no meu projeto final de paisagismo . obrigado e sucesso a todos

  3. vera lemos disse:

    A luz da lâmpada dicróica é mais avermelhada que a luz do led?

    • Blog da Lâmpadas Golden disse:

      Olá Vera, obrigado pelo seu comentário.

      A lâmpada halógena dicróica possui 2700K. Hoje, no Brasil, não há normatização do LED, e, portanto, no mercado, pode haver LED com temperatura de cor amarela com variação do tom da cor. Isso significa que podes encontrar leds com 2700K, 3000K, 3500K etc… Todos eles são considerados amarelos ou, com emissão de cor quente. Hoje já é possível obter LED com o mesmo tom da halógena, mas isso dependerá da tecnologia empregada.

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)