23 de agosto de 2011

Feng Shui e Iluminação: Bom senso na aplicação – Parte 2

Na semana passada, você viu aqui como a iluminação é importante aliado do Feng Shui. Agora vamos abordar como você pode aplicar alguns de seus princípios em vários ambientes.

fengshui

A maneira ideal da aplicação do Feng Shui depende da ênfase que se quer dar ao ambiente, o que deve levar em consideração o gosto pessoal do usuário e a atividade a ser exercida no local. Por isso, o Feng Shui milenar, apesar de místico, recorre a conceitos técnicos e práticos também comuns ao universo de profissionais especializados em iluminação . Tanto em um caso como no outro, o que vale é o bom senso.

- As luminárias de chão podem ser utilizadas para iluminar um canto escuro da sala, ativando o chi (uma energia que permeia todos os seres no universo) no local.

- Em salas de estar é propícia uma luz mais “amarelada”, com temperaturas de luz baixas entre 2.700 e 3.600 K. O resultado é um ambiente mais aconchegante e confortável, ideal para estar em família ou entretenimento. A dica para esse efeito relaxante é colocar iluminação em cantos de um ambiente, o que aumenta o fluxo de energia.

- Para ambientes de estudo, recomenda-se a utilização de uma iluminação uniforme, sem aplicação de artefatos que constituam barreiras.

- Locais que exigem uma reprodução fiel das cores para destaque de objetos devem usar lâmpadas com elevado índice de reprodução de cor (IRC), como as dicróicas e halógenas.

Compartilhe →

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)