10 de dezembro de 2013

Fita LED em veículos: decorativo, mas nada ideal

Quando publicamos os posts no blog que orientam sobre a instalação de fita LED (veja aqui e aqui), não imaginamos o quanto teríamos de dúvidas para o uso do produto em carros e motos.

Mais de 1 ano depois, resolvemos esclarecer uma coisa importantíssima: não é recomendável instalar fita LED em veículos. Independente do uso, decorativo ou para suprir uma deficiência na iluminação interna ou externa, usar fita LED em veículos tem um empecilho elétrico. E o assunto é sério, dependendo de como a instalação é feita, pode causar curtos ou danificar o LED.

Alguns carros têm controle de corrente e tensão no sistema elétrico. Quando não há esse controle, o funcionamento da fita pode ficar comprometido. Por exemplo, quando uma ventoinha é acionada (e neste caso há pico de tensão) gera-se uma sobrecarga no LED que poderá ocasionar sua possível queima. Em carros mais novos até existe um controle maior no sistema elétrico, mas é complicado especificar quais carros possuem esse tipo de controle e como são esses sistemas.

fita LEDOk, agora você me pergunta: mas por que o Audi tem LED? Ele é configurado de fábrica com componentes específicos para esse uso e até sua fita LED é diferente.

Mas está na moda, todo mundo usa, funciona. Quando você faz a instalação, a fita LED vai funcionar, mas com o tempo isso pode prejudicar o funcionamento do LED. O vilão da história é a corrente incompatível. Há diferenças de amperes (corrente): por exemplo, nossas fitas possuem 2A, e nem sempre ela será ligada em um sistema ou bateria com mesma amperagem, isso força o sistema de LED e prejudica o desempenho como um todo, tanto em termos de luminosidade como de durabilidade.

A fita LED é um produto de uso arquitetônico, com fins decorativos, e que sozinha não tem a função de iluminar completamente um ambiente. Portanto, sempre que quiser customizar seu carro com iluminação, pense em três coisas: isso vai danificar seu veículo? Vai te ajudar a enxergar melhor? E, mais importante, isso vai te atrapalhar?

Compartilhe →

6 comentários

  1. […] Fontes: Revista Auto Esporte – Fitas de LED: utilidade ou risco? Golden - Fita de LED em veículos: decorativo, mas nada ideal […]

  2. Maurício Serafim disse:

    Olá boa noite!

    Parabéns pelo espaço, realmente muito bom e informativo.
    Estou montando um reboque para trabalhar com lanches e estou em busca de autonomia em iluminação. Primeiro pensamento foi de adaptar um led (não necessariamente fita) ligado à bateria do carro, seja a fixa ou um outra destinada exclusivamente a este fim. Outra possibilidade seria um inversor de voltagem para essa mesma bateria fornecer 110v. Será que poderia me ajudar? O que recomenda?

  3. osvaldo antonio disse:

    É mais uma pergunta que um comentário: gostaria de saber se esta desvantagem vale também para as fitas de led colocadas no retrovisor do veículo. Possuo uma Santana Quantum 1989, acho que as setas de direção dianteiras estão em lugar inapropriado, dificultando a visa dos outros. Gostaria que me informassem se há contras neste tipo de instalação. Grato desde já.

    • Blog da Lâmpadas Golden disse:

      Olá, Osvaldo.

      A fita não foi projetada para se usar em veículos, mesmo nesse tipo de instalação que pretende fazer. Hoje, os sistemas de LED colocados em automóveis são projetados para tal diretamente pela montadoras.

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)