5 de dezembro de 2012

Formatos das lâmpadas econômicas mais usadas em residências

Existem lâmpadas fluorescentes compactas de todas as formas e gostos, não há como negar a versatilidade de modelos. Por isso, hoje destacaremos aqui no blog algumas diferenças no que se refere a formato da lâmpada, seja por estética, seja por aspectos técnicos. Já aconteceu de o lustre ser tão bonito, mas a lâmpada ficar à mostra e estragar tudo?

Às vezes escolhemos o primeiro modelo que nos vem à mente, mas há uma grande diferença neles quando o assunto é design.

O modelo mais tradicional da lâmpada fluorescente compacta em residências é o 3U. Ela distribui a luz de forma parecida que as lâmpadas incandescentes. Ainda assim, os modelos com formato espiral distribuem a luz de melhor forma, além de terem um design bonito, mais apropriado para alguns tipos de lustres, abajures e luminárias, levando em conta, claro, o ambiente, para não ficar com pontos de penumbra (sombra).

Há dois modelos de menores dimensões que substituem as incandescentes de baixa potência e são ideais para luminárias que não precisam ter luz muito forte, pois pode prejudicar a vista. Por isso, ficam melhores em abajures e em alguns tipos de arandelas. A mini espiral é recomendada para abajures, pois ela é pequeninha e fica escondida, além de distribuir a luz tão bem quanto à compacta normal. A compacta 2U tem o diâmetro menor. Esses modelos não substituem a espiral nem a tradicional 3U.

As fluorescentes tubulares e circulares só diferem no tipo de luminária usado, já que a circular é mais decorativa, recomendada para luminárias com design arredondado. As tubulares T5 são mais eficientes (mais luminosidade e menor consumo) do que as T8 e T10 (mais antigas), mas a base delas diferencia (a T5 usa base G5, as demais usam G13) e o diâmetro também, já que a T5 tem 17 mm, a T8 tem 28 mm e a T10 tem um diâmetro que varia de 32 a 34,1 mm.

Pra quem ainda não consegue conceber uma lâmpada que não tenha a forma de uma incandescente, saiba que há no mercado modelos fluorescentes que atendem a esse design. A globinho ilumina com a mesma eficiência que uma lâmpada compacta tradicional.

Veja na galeria abaixo o formato de cada modelo:

Compartilhe →

5 comentários

  1. Ed disse:

    Estou pensando em substituir uma tubular de 40w por duas espirais de 30w. Essa configuração me proporciona mais iluminação do ambiente? Obrigado!

    • Blog da Lâmpadas Golden disse:

      Olá Edmundo. Sim o ambiente ficará mais iluminado, pois uma lâmpada Fluorescente normalmente tem um fluxo de 2500 lm e cada lâmpada espiral tem um fluxo de 1800 lm totalizando 3600 lm.

  2. Rafael disse:

    Olá, preciso da seguinte informação.
    Por que as lampadas fluorescente levam a nomenclatura de, por exemplo, T10? Qual seria a diferença enter elas? Desde Já agradeço.

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)