13 de outubro de 2011

História do LED

Atualizado: outubro de 2014

Já falamos o que é a tecnologia LED, um diodo emissor de luz, um dispositivo semicondutor que converte a energia elétrica em luz. Se você não se lembra ou não acompanhou o nosso post de fevereiro, clique aqui para ver do que ele é formado. Hoje vamos mostrar como o LED surgiu e como chegou ao formato atual, arquitetonicamente utilizado.

led1

Em 1962, o pesquisador Nick Holonyak Jr. da GE, desenvolveu o primeiro LED capaz de emitir uma luz visível, vermelha.LEDs verdes e amarelos não demoraram a aparecer, e a tecnologia ficou limitada a essas três cores durante décadas.

Os LEDs ficaram popularmente conhecidos como indicadores de ligado/desligado em vários equipamentos eletrônicos, e também em gabinetes de computador. Nos anos 80, tecnologias de semicondutores permitiram que os LEDs diminuíssem, ganhando novos formatos e intensificando o brilho da luz. Nessa época, começaram a ser utilizados em semáforos.

O marco na aplicabilidade dos LED só foi em 1993, quando os pesquisadores japoneses Isamu Akasaki e Hiroshi Amano e o cientista americano Shuji Nakamura inventaram o primeiro LED azul de alto brilho. A importância dessa descoberta é tanta que não só invadiu os gabinetes de computador, como possibilitou a criação do LED branco. A partir de então o LED foi amplamente utilizado na indústria automobilística, usado desde os painel às luzes de sinalização. Em 2014, o trio ganhou reconhecimento com o Prêmio Nobel de Física.

led2

Nos anos de 1997 e 1998 aparecem as primeiras luminárias voltadas para a arquitetura produzidas em larga escala: sinalizadores de piso e luzes de emergência. Em 2000, o LED Luxeon I revolucionou os LEDs com 25 lúmens em um único emissor, marca nunca atingida antes. Os oito anos seguintes foram marcados por grandes avanços e em 2008, na maior feira de iluminação do mundo, a Light &Building, em Frankfurt, Alemanha, mostrou uma grande aplicação dos LEDs em várias situações.

O uso do LED hoje é em residências, áreas comerciais, iluminação de destaque, decorativa, complementar e até na iluminação pública.

A evolução é tanta que o produto mudou radicalmente, e possui uma estrutura bem diferente dos LED utilizados em sinalização de eletrônicos. Ainda não se evoluiu o máximo possível em sistema LED. A tecnologia LED ainda promete uma solução cada vez mais eficiente, econômica e sustentável.

led3

Fita de LED programada por controle remoto foi apresentada na Feicon 2011

led4

Cordão e fita vieram para revolucionar os padrões de formato das lâmpadas, sendo altamente flexível e com variedade de cores

Referência: LightingNow
Compartilhe →

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)