10 de outubro de 2016

A lâmpada ideal para luz de destaque

As lâmpadas dicroicas, graças seu foco dirigido, são ideias para iluminação de destaque. Mas o que poucos sabem é que elas podem ser de dois tipos: halógena e LED. Ambas podem ser usadas para valorizar a arquitetura, como um acabamento, a textura da parede ou um detalhe da decoração, mas é preciso que se esteja atento às diferenças:

living e jantar - fernanda dorio

1-      No quesito economia, convém se levar em consideração não somente o preço do produto, como sua vida útil e consumo de energia. A halógena custa menos, mas o LED consome até 90% menos. É possível, por exemplo, se substituir uma halógena dicroica de 50W de potência por uma dicroica LED de 5W. Enquanto a primeira dura cerca de 2 mil horas, o LED pode ter até 25.000 mil horas de vida útil.

2-      As dicroicas halógenas só podem ser encontradas na temperatura de cor amarela (2.700K), já a dicroica LED tem modelos com opção amarelado (2.700K/3.000K) e branco azulado (6.500K).

3-      No que se refere ao Índice de Reprodução de Cores (IRC) o LED ainda não conseguiu superar a halógena, que reproduz 100% a luz do sol. Mas com a evolução tecnológica há modelos de dicroica LED que já alcançam 90% da reprodução de cor.

4-      Os modelos bipino (GU5,3) das dicroicas halógenas demandam transformador, enquanto a dicroica (GU10) LED já vem com este equipamento auxiliar embutido.

5-      Na halógena os filamentos de tungstênio reagem com o gás halógeno para gerar luz, componente este que é nocivo ao meio ambiente.

6-      Quando usada para valorizar um detalhe da decoração, a dicróica LED não gera calor nem altera a cor dos objetos. Já a dicroica halógena, como esquenta demais, gera aquela sensação de desconforto quando muito próxima das pessoas, exigindo mais do ar condicionado. Perto de alimentos então, nem pensar!

Compartilhe →

1 comentário

  1. Sérgio Lima de Oliveira disse:

    Que maravilha de explanação! Aplausos!

Deixar um comentário

Tags html permitidas: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

(obrigatório)